No que respeita à saúde e segurança, os esforços da INALCA centraram-se na extensão das normas de certificação OHSAS 18001 a quatro unidades da INALCA na região italiana. Esse resultado foi alcançado no Outono de 2015 com a certificação da unidade de Capo d’Orlando (Messina), na seqüência de uma atividade iniciada em 2013.
Até 2017, está prevista a extensão da referida certificação à unidade recém-adquirida de Pegognaga (Mântua).

Projeto de prevenção
de patologias musculoesqueléticas

A INALCA realizou, em conjunto com a Universidade de Bolonha um projeto destinado a analisar a distribuição estatística das perturbações musculoesqueléticas no seio da população empresarial da unidade de Castelvetro di Modena. Através de análises clínicas detalhadas de funcionários, foram recolhidos inúmeros dados relativos a essas patologias. O processamento desses dados permite avaliar de forma abrangente a situação dos funcionários, as eventuais áreas de melhoramento e as possíveis soluções organizacionais suscetíveis de reduzir a exposição dos trabalhadores a este tipo de risco.

Ant – projeto melanoma

A INALCA, em colaboração com a fundação ANT, aderiu ao projeto “Melanoma“, dedicado à prevenção primária e ao diagnóstico desta doença. O projeto prevê consultas dermatológicas gratuitas para os funcionários da INALCA. O objetivo do projeto consiste em fornecer aos funcionários um conhecimento e sensibilização adequados sobre a prevenção do câncer da pele e intervir precocemente.